quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Apesar de...


Solto as amarras… levanto âncora… sigo meu caminho
vou livre…sem bússola... sigo estrelas
Navego em mares de ondas poéticas, (en)canto com as sereias..
vencendo ondas, rochedos, vencendo tempestades
um barco em porto seguro não se desvia
mas perde o novo, o fruto… a descoberta.
Devotarei meus dias no dever que me foi outorgada: de ser feliz… apesar de..
E sei que encontrarei seu sorriso, na praia, a me esperar.

Um comentário:

  1. Very nice words and a BEAUTIFUL picture,
    my compliments Johanna.

    hugs, Joop

    ResponderExcluir